Morar Fora

Já ficou diante de um problema ou de uma fase na vida e pensou que deveria morar fora? E se a gente dissesse que essa decisão pode ser o grande up em várias áreas da sua vida?

Não precisa ir longe, a internet está cheia de vídeos, blogs, posts e relatos de gente que mudou totalmente a vida e o destino depois de ter um “visto americano no passaporte”, inclusive, tem muita gente que não quis voltar de tão bom que foi conhecer outros lugares.

Acontece que, por mais que a gente more em um país enorme, com muitos lugares para se explorar e conhecer, a nossa economia é uma só, as crises pelas quais nosso país passa atinge todos os estados e não muda muita coisa de um lugar para o outro.

Quando decidimos morar em outro país, a coisa muda totalmente de figura. Não é apenas um novo lugar, você vai estar em contato com um mundo novo, com novas pessoas, uma nova cultura, uma nova língua e claro, tudo isso você vai levar para a vida.

E mesmo que  seja apenas por um período, como a maioria das pessoas escolhe fazer, pense que além da bagagem, sua experiência de trabalho e estudos internacional também fará diferença aqui no Brasil quando você voltar.

Ah! E não esqueça, viajar, mesmo com pouco dinheiro, fora do Brasil, é outra realidade, o que te abre ainda mais portas e possibilidades.

São tudo flores?

Claro que não! Que coisa nesse mundo só tem um lado? Morar fora do país também tem seus desafios, mas isso não deixa a experiência pior, principalmente se você já os conhecer e for preparado para isso.

Portanto, anote aí algumas dicas:

  • Documentação em dia: este item é muito importante. Ao escolher um destino pesquise muito bem toda a documentação necessária para a permanência, matrícula em cursos e etc. Segurança e tranquilidade em primeiro lugar.
  • Aprenda pelo menos um pouquinho da língua: chegar em um lugar sem saber falar nadinha da língua do lugar pode ser assustador, garanta que saiba pelo menos o básico.

 

  • Cuidados com a mala: lembre-se de exercitar o desapego na hora de fazer as malas, leve estritamente o necessário, pois elas podem ser sua inimigas na hora de se deslocar por lá.

Lidando com a saudade: lidar com a saudade é um ponto muito importante que deve ser levado em conta antes mesmo de partir. Fazer uma reflexão sobre como vai lidar com a falta de pessoas importantes no seu dia a dia é fundamental para não perder tempo. Para ajudar a matar um pouquinho dessa saudade, lembre-se que você vai (e deve) estar aberto e propício para novas amizades, que aliás, será uma bagagem valiosa que vai levar de tudo isso.

Comentários

Comentários