Além ser uma área profissional, a fotografia pode servir como uma renda extra para algumas pessoas que se interessam por essa arte. Cada fotógrafo se desenvolve ou apenas tem uma aptidão para as diversas áreas e setores desse segmento. Um profissional que se especializa é capaz de trabalhar em qualquer setor, mas existe aquele que se destaca em determinado tipo e isso o diferencia no mercado.

Como em várias profissões, na fotografia é preciso especialização, escolher uma área e focar nela para que seja um profissional excelente. Mas isso não impede que o fotógrafo trabalhe em diversos setores. Fotografia é luz e movimento e quanto mais se trabalha no mesmo segmento, melhor é desenvolvido o estilo particular e o olhar fotográfico.

Normalmente a pessoa que trabalha com fotografia sabe qual o segmento que irá atuar quando começar a fotografar e nesse sentido o mercado está se abrindo para esses profissionais, pois cada vez mais pessoas querem eternizar os momentos que vivem como casamento, festas, formaturas e muitos outros.

Em cada área há uma maneira diferente para trabalhar, não que os fotógrafos não saibam disso, mas em um casamento, por exemplo, existe todo um ritmo diferente, uma responsabilidade diferente. Isso mostra como é importante se especializar e fazer um curso técnico, e por isso o SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) oferece os melhores conteúdos para especialização na área fotográfica.

Muitas pessoas têm uma visão de que o fotógrafo só trabalha com eventos (casamento, formaturas, etc), books ou moda, mas o setor é bem extenso e com diversas opções. Como publicidade, arquitetura, jornalismo, comercial, industrial, natureza, cotidiano, científico, documentarista, nu artístico, esporte e muito mais.

Comentários

Comentários