O Pantanal oferece várias atividades além da pesca, e nessa época de Piracema que tal aproveitar uma das regiões mais bonitas do Brasil de outras formas? Uma das regiões mais isoladas, e por essa razão a mais preservada, o Pantanal conta com uma extensa mata virgem e animais selvagens, e por essa autenticidade atrai tantos turistas ao longo do ano.

Muitas pessoas preferem o turismo rural e, por esta razão, o Pantanal é perfeito. Uma forma original de explorar a região é se hospedando em pousadas e hotéis fazendas, assim o contato com os animais é maior e a experiência será única. Os bichos muitas vezes ficam dentro desses lugares, já que a natureza está dentro das pousadas. É possível ver antas, capivaras, macacos, tucanos, araras, tuiuiús e jacarés.

Percorrer a transpantaneira é uma alternativa para conhecer o Pantanal, a via chamada de Estrada Parque liga Miranda e Corumbá e dá acesso para o Pantanal de Nhecolândia, região rica em fauna onde os animais circulam livres ao alcance dos olhos.

(Foto: Pousada Pequi)

Sinta-se na África e faça safáris no Pantanal

Existem também os safáris fotográficos onde os turistas seguem viagem em um veículo 4×4 e são acompanhados por um guia. É totalmente permitido observar e fotografar os animais da área. A melhor época para ver os bichos é no período de seca, entre junho e novembro, já nos meses de chuva e cheia dos rios, de dezembro a maio, o Pantanal se transforma num pântano semi-alagado.

Outra atividade muito procurada é a cavalgada com as comitivas, já que os cavalos são o meio de transporte oficial do Pantanal, pois é o único capaz de atravessar matas, charcos e planícies alagadas. Para quem gosta de cavalgar o lugar é o melhor, com campos planos e vastos, onde os cavalos são bem treinados e acostumados a carregar turistas muitas vezes inexperientes.

(Foto: Pousada Pequi)

Para quem quer ir mais longe e aproveitar o universo pantaneiro, existem os roteiros com alguns dias de duração, que interliga várias fazendas na região de Miranda, que é chamada a Rota Pantaneira, uma cavalgada de cinco dias que percorre lugares impressionantes.

Para quem gosta de pássaros, o birdwatching é uma opção, o turista observa as mais de 670 espécies de aves. É fácil vê-los ao longo do ano, mas o melhor período é na época de cheia dos rios, de outubro a fevereiro, quando a água da chuva traz os peixes, formando assim um grande banquete para os pássaros.

E por último, e não menos importante, a viagem no Trem do Pantanal que parte de Campo Grande e vai até Miranda a 27 km/h para que os turistas possam admirar a paisagem. O trem faz várias paradas, em Aquidauana, Piraputanga e Taunay, onde fica uma aldeia indígena cheia de artesanatos para que os turistas levem recordações do belo lugar.

Comentários

Comentários